Drogas/Política/Streaming

PósTV: Segunda Dose – Ras Geraldinho e o mês da maconha

Depois de meses fora do ar, a volta do Segunda Dose já estava programada. Iria conversar sobre a Ala dos Psicodélicos na Marcga da Maconha, o PL do Osmar Terra, o congresso de Brasília… No fim da tarde, veio uma notícia triste, e muito reveladora, sobre um caso judicial envolvendo a maconha.

Saiu a sentença de Ras Geraldinho, um senhor de 53 aos que cultivava cannabis para uso sacramental em Americana. Era um líder espiritual de uma pequena comunidade canabista. Nunca cometeu violência alguma. Nunca escondeu seu plantio ou sua devoção. Fez questão de manter seu hábito fora da rede do crime organizado. Pegou 14 anos de cadeia e vai ter sua casa confiscada. Pena muito mais dura do que muito caso de assassinato e estupro.

A partir da sentença, conversei com os ativistas William Lantelme e André Takahashi  pelo Hangout e discutimos sobre um esforço de comunicação durante todo o mês para expôr o caso de Geraldinho, convocar para as marchas que ainda vão acontecer e difundir informação de qualidade sobre maconha e as múltiplas razões para legalizar de uma vez a erva.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s